Início » Eventos e Cursos » Como foi o International Symposium on Green Chemistry 2017?
ANÚNCIO

Aconteceu de 16 a 19 de maio em La Rochelle (França),  o ISGC (International Symposium on Green Chemistry) 2017, o maior evento internacional dedicado à química verde.

Segundo a empresa criadora do evento, WildEvents, seu objetivo é criar um link entre a pesquisa acadêmica e o universo das indústrias, a fim de superar obstáculos tecnológicos, facilitar o surgimento de inovações e impulsionar a atividade industrial .

Pier em La Rochelle, França, onde aconteceu o ISGC 2017.
La Rochelle, França.

O evento contou com algumas (poucas!) palestras, 318 comunicações orais, mais de 350 trabalhos apresentados em forma de pôster e 3 sessões de inovação. É possível perceber, então, que a maioria esmagadora do conhecimento gerado no evento foi compartilhada: as pessoas apresentaram seus trabalhos (quer em apresentações de 10 ou 20 minutos, ou ainda sob forma de pôster) e construíram conhecimento… juntas!

Segundo o site oficial do evento, o público alvo para este ano eram pesquisadores acadêmicos, pesquisadores de P&D, grandes empresas, startups, empreendedores, investidores, associações, etc. Enfim, pessoas envolvidas em assuntos relacionados à química sustentável.

Ainda segundo o site oficial, o principal objetivo do evento é reunir cientistas, cujas atividades estejam relacionadas à química verde, para discutirem sobre seus desafios futuros, tais como acesso à energia sustentável, o gerenciamento de recursos (carbono, água, metais, minerais), desenvolvimento humano, aquecimento global, impacto ambiental e competitividade industrial. Assim sendo, a principal função do ISGC seria oferecer um ambiente multidisciplinar para que pesquisadores e indústrias compartilhem conhecimento.

Uma novidade para a edição deste ano foi a facilitação do contato entre pesquisadores através de uma área de exposição e também de um espaço reservado para reuniões individuais, que poderiam ser previamente agendadas entre qualquer participante e/ou representante de indústrias.

O evento não é muito conhecido entre muitos de nós da área cosmética por dois motivos:

  • Ele é relativamente novo! Está em sua terceira edição, sendo que as anteriores aconteceram nos anos de 2013 e 2015.
  • Seu principal foco é realmente a área de química: como obter moléculas, como transformar moléculas, como isolar moléculas, etc.

O que foi surpresa para a organização do evento, mas não para nós (conhecedores das tendências do mundo cosmético) foi a participação de mais pessoas da área cosmética no evento deste ano.

Isso já era de se esperar! Segundo relatório da Mintel, uma das quatro tendências do mercado cosmético para os próximos anos – até 2025 – é o estímulo ao uso de ingredientes naturais.. obtidos através DA QUÍMICA VERDE!!! Logo, não poderíamos estar de fora!!!!

Falou-se sobre tensoativos obtidos através de fontes renováveis, flavorizantes e fragrâncias obtidos de maneira sustentável, biopolímeros (destaca-se aqui o número grande de apresentações) e sua aplicação cosmética, ativos renováveis para aplicação cutânea (por exemplo, lipohidroxiácido – LHA), análise sensorial de produtos cosméticos orgânicos e veganos, eco-design de novos ingredientes cosméticos,  utilização de óleos vegetais em formulações cosméticas, a utilização do método Zebrafish (Danio rerio) para análise de toxicidade, etc.  Tiveram destaque também as apresentações sobre meios de se obter energia à partir de biomassa, substituição de solventes orgânicos, destinação de lixo pós-processo industrial, plásticos obtidos de fontes renováveis (e não mais à partir de petróleo), além de problemas de saúde pública, como tabagismo.

Palestra de Julien Hitce no International Symposium on Green Chemistry
Palestra de Julien Hitce da L’Oréal.

É possível perceber que os assuntos abordados foram bastante variados e que a química verde vem crescendo e alcançando avanços significativos para que tenhamos um mundo melhor em um futuro não tão distante, não é mesmo? O mundo pede por mudanças e o consumidor também. Façamos a nossa parte!

Referências:
ISGC
Mintel
Gisely Spósito

Gisely Spósito

Redatora
Farmacêutica-Bioquímica e Mestre em Ciências Farmacêuticas pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP-USP). Atualmente é doutoranda em Ciências Farmacêuticas, especificamente em Medicamentos e Cosméticos (FCFRP-USP). Tem experiência em Tecnologia de Cosméticos, do desenvolvimento à análise sensorial.

Todos os textos

ANÚNCIO

ANÚNCIO

ANÚNCIO