Alerta sobre as cumarinas

publicado

Segundo a base de dados de ingredientes da Mintel, a substância cumarina é encontrada em 5000 cosméticos e detergentes, incluindo os produtos de cuidados pessoais. Pesquisadores do Federal Institute for Risk Assessment (BfR), Alemanha, alertam os fabricantes e consumidores que o ingrediente natural pode causar dano renal e desencadear alergias em indivíduos sensibilizados. Além disso, experimentos em animais indicaram que altas concentrações de cumarina podem causar câncer. Segundo eles, os consumidores podem estar expostos a altos níveis de cumarinas utilizando diferentes produtos que contenham o ingrediente.

Estrutura química geral da cumarina

Eles analisaram a quantidade de cumarina em cosméticos e a encontraram em uma ampla gama de produtos e em níveis elevados em alguns perfumes. Até mesmo géis, loções e óleos corporais contém quantidade de substância suficiente para que os consumidores, por meio do uso regular, ultrapassem 20% o limite diário de consumo de uma miligrama.

Anúncio

O limite diário de cumarina definido para alimentos é de no máximo 2mg de cumarina por kg de alimento. Para os cosméticos, no entanto, não há limite máximo definido ainda. Além de recomendar a redução da exposição às cumarinas, a BfR alerta que o ingrediente não deve ser utilizado em produtos infantis e pedem novas pesquisas para descobrir se a substância tem a mesma ação no fígado quando é absorvida pela pele e ingerida, pois acredita-se que ela seja menos danosa quando absorvida pela via cutânea.

Nos Estados Unidos, quem critica a indústria pelo uso de cumarina é o The National Toxic Encephalopathy Foundation (NTEF).

Opinião do autor: Toda substância química tem alguma ação em um organismo vivo. Por essa razão é que são necessários testes in vitro e in vivo antes de se disponibilizar uma nova entidade química para uso humano. Ainda assim, com o tempo de uso, novas perspectivas acerca da utilização da substância surgirão. O uso prolongado e frequente podem ocasionar consequências não previstas quando a substância foi isolada ou desenvolvida. O mais importante disso tudo é estar sempre atento para as tendências e pesquisas científicas para estar sempre bem informado. Principalmente que desenvolve novos produtos.

Anúncio

Saiba Mais: http://en.wikipedia.org/wiki/Coumarin

Artigo original: MONTAGUE-JONES, G. Research group raises health alarm over coumarin. Acesso em 02/01/2008.

Anúncio

Por Gustavo Boaventura

Criador e Diretor de Conteúdo. Farmacêutico Industrial pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Especialista em Pesquisa & Desenvolvimento de Produtos Cosméticos. Mestre em Comunicação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) com foco no consumo de cosméticos masculinos. Bacharel em Administração pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas). Experiência em Pesquisa & Desenvolvimento de produtos capilares. É o idealizador e criador do Cosmética em Foco e escreve desde 2007.