Entrevista: Daniel Zanetti, sobre a in-cosmetics Brasil

publicado

Setembro se aproxima e com ele a primeira edição da in-cosmetics no Brasil. Você já se perguntou qual a diferença da in-cosmetics para outras feiras do setor cosmético? Por que escolheram o Brasil? Para responder essas e outras perguntas, entrevistei o Daniel Zanetti, Exhibition Manager da in-cosmetics Brasil.

Cosmética em Foco – O que é a in-cosmetics? Quando e onde ela surgiu?

Daniel Zanetti – A in-cosmetics começou em 1990 em Londres e já na segunda edição deu início a uma de suas principais características que é a de ser um evento itinerante realizado nas principais cidades da Europa. Desde então, tornou-se o evento mais importante para a indústria de ingredientes para Personal Care com reconhecimento mundial. Com seus 24 anos de história o evento deixou de ser somente uma exposição para abranger conteúdos educacionais e experimentais e que hoje está presente também na Ásia, Coréia e América Latina. O evento agrega os mais importantes fornecedores de matérias-primas, apresentando seus mais novos produtos e inovações para profissionais de pesquisa e desenvolvimento, produção, marketing e regulamentação, que têm acesso a tendências e avanços tecnológicos por meio de eventos simultâneos únicos em qualidade e conteúdo.

CFoco – Quais cidades já receberam a in-cosmetics?

DZ – A in-cosmetics já foi realizada em Paris, Hamburgo, Barcelona, Milão, Londres, Berlin, Amsterdã, entre outras cidades e sempre obteve ótimos resultados, gerando bons contatos e aperfeiçoando o conhecimento dos profissionais de maneira única.

CFoco – Em setembro de 2014 teremos a primeira edição da in-cosmetics Brasil. Por que no Brasil?

DZ – O grupo in-cosmetics trabalha muito próximo aos expositores e por meio deles surgiu o interesse em iniciar uma feira no Brasil devido ao alto crescimento do mercado e sua atratividade para diversas empresas que querem ampliar sua participação ou desejam iniciar um trabalho no Brasil e posteriormente ampliar a atuação para a América Latina. Aproveitamos a in-cosmetics da Europa de Paris, realizada em 2013, para lançar a feira e a aceitação foi tanta que foi necessário ampliar o espaço de exposição mais duas vezes e hoje estamos limitados pelo tamanho do local onde realizaremos a feira, o WTC Events Center de São Paulo, o que confirma a grande força da marca in-cosmetics e o potencial do mercado Brasileiro.

CFoco – O que diferencia a in-cosmetics de outros eventos do setor cosmético?

DZ – A in-cosmetics se tornou reconhecida pela qualidade de serviços prestados aos expositores e visitantes e por ser um evento completo e focado em matérias-primas para a indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos. É um evento completo porque proporciona aos profissionais contato com novidades e inovações para maximizar o desempenho dos produtos, oferece relacionamento e por meio da sua grande quantidade de eventos simultâneos, a atualização profissional que todas as empresas necessitam para ganhar vantagem competitiva. Além dos eventos simultâneos os diversos setores da feira como: Fragrance Zone, Testing & Regulation e Innovation Zone, permitem que o visitante conheça as mais recentes aplicações e formulações.

CFoco – O que os profissionais brasileiros podem esperar da feira?

DZ – Conteúdo será a palavra chave. A feira está completamente comercializada desde o mês de Maio e temos a confirmação de grandes nomes internacionais e locais como Basf, Merck, Givaudan, Lanxess, Oxiteno, Brasquim, quantiQ e os principais representantes locais que trarão para São Paulo seus mais recentes lançamentos e inovações, aproximando o mercado latino-americano do mercado europeu e asiático. Teremos mais de 25 horas de programação educacional nos seminários de inovação e workshops.

CFoco – Fale um pouco mais sobre os seminários de inovação e workshops, por favor.

DZ – Os seminários de inovação são palestras feitas pelos expositores apresentando seus diferenciais para os profissionais de pesquisa e desenvolvimento de produtos e terá entrada gratuita. O Workshop, sob coordenação técnica do ITEHPEC – Instituto de Tecnologia e Estudos de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos,  terá como tema: Tendências e Desafios na Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos e conta com a presença de palestrantes renomados no setor.

CFoco – Qual a expectativa da organização para a primeira incos?

DZ – A expectativa é que novos contatos sejam gerados e com isso as empresas possam realizar bons negócios e os profissionais tenham acesso a tecnologias e produtos que estariam distantes do Brasil economizando custos de viagem e hotéis. De certa forma estamos aproximando mercados distantes geograficamente em 2 dias de muita programação e atividades. Teremos a presença de mais de 150 expositores, com 170 marcas vindas de mais de 20 países, o que torna a feira um evento realmente internacional pois mais da metade dos expositores são de fora do Brasil; temos empresas da França, Estados Unidos, Índia, Canadá, Alemanha, Reino Unido, Espanha, Israel, entre outros.

Esperamos a visita de cerca de 2 mil profissionais para a feira, workshop e seminários de inovação. Estamos utilizando uma campanha de marketing abrangente cobrindo os principais veículos do setor e também realizamos um Roadshow por 3 países da América Latina levando um pouco do que será a in-cosmetics Brasil para Colômbia, Peru e Argentina onde, no total, tivemos a presença de mais de 250 participantes. Também temos um programa chamado Hosted buyer Program que trará para a feira profissionais de outros países da América Latina para fazer negócios com os expositores. Cada profissional terá as despesas de viagem e hospedagem custeadas pela in-cosmetics e o objetivo é estimular ainda mais a presença de visitantes de outros países durante o evento.

Por Gustavo Boaventura

Criador e Diretor de Conteúdo. Farmacêutico Industrial pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Especialista em Pesquisa & Desenvolvimento de Produtos Cosméticos. Mestre em Comunicação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) com foco no consumo de cosméticos masculinos. Bacharel em Administração pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas). Experiência em Pesquisa & Desenvolvimento de produtos capilares. É o idealizador e criador do Cosmética em Foco e escreve desde 2007.