Mais sobre a interação entre música e cosméticos

ANÚNCIO

Música e cosméticos são utilizados desde primórdios da Grécia Antiga como rituais e até hoje esta vibe perdura nos diversos protocolos em clínicas estéticas e salões de beleza com som ambiente. Como já disse Aristóteles: “a música é celeste, de natureza divina e de tal beleza que encanta a alma e a eleva acima da sua condição”. As esteticistas a utilizam para finalidades como o bem-estar e melhores resultados em tratamentos estéticos.

O protocolo de relaxamento a partir das notas musicais parte dos acordes, que são frequências sonoras, dão ritmo e sonoridade à melodia, conforme o tratamento realizado no paciente. Cada estilo musical possui sua particularidade para esse tratamento entre música e cosméticos.

Como já publicado pela nossa equipe nesse artigo, a Shiseido lançou os cuidados de beleza acústica. Os sons citados pela Shiseido são de gotas d’água, os quais produzem duas frequências distintas, baixa e alta, conhecidas como batidas binaurais, ou seja, são percebidas pelos 2 ouvidos e causam a sensação de relaxamento.

Massagem relaxante.
Foto: marin / FreeDigitalPhotos.net

Mas onde entra a beleza e os cosméticos nessa melodia?

A diferença de frequência nas notas aumenta as sensações de relaxamento devido aos estímulos causados pelas ondas cerebrais, que podem ser mensuradas pelas oscilações num encefalograma.

ANÚNCIO

Qualquer ação externa com a música, desde que estejamos com estado mental, emocional e consciente operando, tem resultado em oscilações nas ondas cerebrais, as quais estimulam a produção de hormônios (como o cortisol) e anticorpos (como a imunoglobina A). Estes hormônios possuem uma interação com nosso bem-estar no dia-a-dia e podem diminuir as rugas e linhas de expressão causados pelo estresse (cortisol) e as doenças devido à baixa imunidade quando passamos por determinadas situações (imunoglobina A), pois estão ligados ao Sistema Nervoso Autônomo (SNA).

O SNA controla as funções básicas do nosso organismo, tais como: respiração, circulação do sangue, controle de temperatura e digestão, portanto, os tratamentos de beleza realizados com a sinergia da música, possuem maior efetividade. Além do mais, os cosméticos aplicados possuem maior permeabilidade dos ativos que compõem o produto devido ao sistema de temperatura corporal estar em sintonia e ter mais sensibilização ao toque de acordo com a harmonização.

O seu hidratante preferido ajuda a relaxar?
Foto: Photokanok / FreeDigitalPhotos.net

Diante dos tratamentos de relaxamento relacionados tanto com o toque quanto com a música, a finalidade é bem específica: o relaxamento e bem-estar do indivíduo. Afinal, todo ser humano com vida ativa, em virtude do estresse do trabalho, trânsito, desentendimentos e contrariedades do dia-a-dia, acaba deixando de lado seu maior bem no quesito saúde: o estado de equilíbrio físico e mental. Para controle desse equilíbrio é necessário planejamento e atitudes diárias, que tal começar experimentando usar seu creme preferido ouvindo a sua música preferida?

Fonte:
http://www.uff.br/fisio6/PDF/sistema_cardiovascular/sistema_nervoso_autonomo.pdf
http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/12133576

Comentários estão fechados.