É até arriscado tentar complementar o texto anterior sobre o bepantol, mas recentemente eu encontrei o que para mim é como um pote de ouro no fim do arco-íris: a dissertação de mestrado do também farmacêutico Flavio Bueno de Camargo Junior, que estudou a eficácia do ácido pantotênico (o pantenol) na hidratação da pele.

Após testar 8 formulações contando 0,5%, 1% e 5% de D-Pantenol, ele constatou que os produtos com 1% de ativo são eficazes o suficiente na hidratação cutânea, mantendo a função de barreira da pele.

Durante o estudo as voluntárias tiveram suas peles avaliadas segundo estes parâmetros: teor de água do estrato córneo, perda de água transepidermal, função barreira da pele e elasticidade cutânea.

Cuidar da hidratação da pele ajuda a prevenir o envelhecimento cutâneo e afecções dermatológicas comuns como algumas dermatites e hiperidrose/desidrose (lembre-se de sempre ter acompanhamento de seu dermatologista para qualquer tratamento que faça em sua pele). Além disso, uma pele íntegra é resistente ante a penetração de fungos e bactérias oportunistas.

O d-pantenol (ou dexpantenol) é indicado para fórmulas cosméticas e dermatológicas hidratantes, anti-iritantes e pós-sol.

O mercado utiliza até 5% de pantenol (como no bepantol, por exemplo), mas agora sabemos que 1% já é suficiente para se obter seus benefícios. Isso não dá o direito aos consumidores de diluir ou adulterar os produtos de mercado, pois isso pode, além de tornar o produto inativo, contaminá-lo e trazer graves prejuízos à saúde quando o uso do produto visa aos seus benefícios.

O Flavio defendeu o mestrado em novembro de 2006 na Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto orientado pela Profa. Dra. Patrícia Maia Campos.

Fonte: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60137/tde-17012007-143439/

Artigo anteriorHierarquia das normas
Próximo artigoAtivos alisantes em cosméticos
Gustavo Boaventura
Criador e Diretor de Conteúdo. Farmacêutico Industrial pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Especialista em Pesquisa & Desenvolvimento de Produtos Cosméticos. Mestre em Comunicação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) com foco no consumo de cosméticos masculinos. Bacharel em Administração pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas). Experiência em Pesquisa & Desenvolvimento de produtos capilares. É o idealizador e criador do Cosmética em Foco e escreve desde 2007.

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.