Nova escala para quantificar o frizz dos cabelos

ANÚNCIO

Os pesquisadores da Dow Corning (link em inglês) quebraram um paradigma do mercado de produtos para os cabelos. A partir da necessidade de quantificar o frizz independente do volume do cabelo, eles criaram um novo método para testar o controle do frizz, o Frizz Index.

A nova ferramenta possibilitará descrever a forma e a aparência das mechas, permitindo aos formuladores o desenvolvimento de fórmulas que efetivamente irão “domar” o frizz e o chamado “flyaway”. O que se tinha disponível até hoje eram análises sensoriais e por imagem, que forneciam apenas avaliações qualitativas e próprias de cada avaliador (laboratório ou empresa).

A ferramenta quantitativa Frizz Index será apresentada na próxima semana durante a SCC Annual Scientific Meeting, em Nova Iorque. Com isso, a Dow Corning espera contribuir com os novos desenvolvimentos de produtos para os cabelos, uma vez que o controle do frizz é desejado por praticamente todas as mulheres em todo o mundo.

Nem tão novo assim

Para quem vive nos Estados Unidos Brasil, o site Accuweather.com já oferece um serviço simples de cuidado com o frizz de acordo com a umidade relativa. Além da previsão do tempo, é possível que a pessoa também já faça uma previsão de como estará seu cabelo naquela semana e já se prevenir para evitar surpresas ao longo do dia. É uma conta simples: quanto maior a umidade relativa, mais frizz. Por enquanto a informação só está disponível em inglês.

ANÚNCIO

Opinião do autor: O serviço de previsão do tempo é uma ótima saída para evitar os famosos “bad hair days”. Bem diferente do Frizz Index, cuja proposta é quantificar o frizz e ajudar os formuladores na criação de fórmulas mais eficazes contra esse “vilão” dos cabelos.

Fonte: Specialchem.

Comentários estão fechados.