Como acontece anualmente, Pantone divulgou no final de 2017 a cor do ano de 2018: PANTONE 18-3838 Ultra Violet.

A seleção da cor do ano não é uma decisão mística na qual os profissionais da empresa escolhem uma cor específica e decidem que aquela será a cor do ano. Não é assim que acontece! Eles observam a cor aparecendo ao longo de períodos anteriores e observam que é uma cor que vem crescendo e ganhando destaque globalmente.

Ultra Violet Pantone 18-3838 é a cor do ano de 2018
Ultra Violet Pantone 18-3838 é a cor do ano de 2018
Foto: Divulgação.

A cor do ano de 2017 (Greenery) simbolizava a necessidade de se reconectar com a natureza, de expressar paixão e redefinir o que é sucesso e felicidade do nosso próprio modo. Assim, a cor do ano de 2018 vai um passo além em direção ao futuro e nossas aspirações para o que ainda está por vir. Ultra Violet ilumina o caminho dos mistérios do cosmos e das dúvidas do que está adiante; das descobertas do onde estamos hoje e a inspiração para onde vamos. Tem uma qualidade espiritual, metafísica, e de capacidades psíquicas, de conexão entre a mente e o universo.

É uma cor que inspira a criação e a criatividade. Também podemos pensar no Ultra Violet como uma cor da transformação, uma vez que a natureza exibe uma infinidade de flores nessa tonalidade e que passam de um estágio inerte e imperceptível ao encantador visual das flores desabrochadas. Há muito mais flores roxas na natureza do que de qualquer outra cor. Se a natureza migra do Greenery para o Ultra Violet, então por que também não podemos fazer o mesmo?

ultra violet nas embalagens cosméticas
Foto: divulgação.

Ultra Violet é mais do que a cor do ano de 2018

Para Laurie Pressman, Vice Presidente do Pantone Color Institute, “A Cor do Ano Pantone chegou para significar muito mais do que o que é tendência no mundo do design, ela é na verdade um reflexo do que é necessário no mundo de hoje”.

Como as pessoas ao redor do mundo estão mais fascinadas com as cores e já compreendem a habilidade que as cores têm de transmitir mensagens e significados profundos, os profissionais que trabalham com cor devem se sentir inspirados e influenciados pela Ultra Violet. A cor do ano de 2018 é um momento no tempo que promove direcionamento estratégico para o mundo de tendências e do design.

Estamos falando da cor mística, do sobrenatural, do futuro; de uma cor que representa mindfulness.

A cor do ano de 2018 nos cométicos

Quando se fala em cor, todos os profissionais já pensam logo nas cores dos produtos, mas a grande maioria se esquece que nossa indústria é grande consumidora de cores em materiais de embalagem e rotulagem!

ultra violet nos cosmeticos
Foto: Divulgação.

Nesse contexto, o Ultra Violet oferece mais complexidade e nuance com apelo à originalidade. Então a tendência é que os materiais de embalagem com a cor do ano de 2018 se tornem mais sofisticados. Já para os rótulos, espera-se que essa cor harmonize com um sentimento multidimensional. Os tons de Ultra Violet estão cada vez mais presentes em materiais de embalagem, rotulagem e design de material publicitário por transmitir luxo no universo da beleza.

Já para os produtos, o Ultra Violet se torna um toque quase mágico de espiritualidade e beleza na criação de looks expressivos. A natureza profunda e complexa dessa cor se adapta bem em diferentes combinações e misturas.

Um toque violeta fosco singular nos lábios ou nas unhas é uma afirmação ousada de não conformidade, enquanto as misturas com metálicos e brilhos em Ultra Violet transformam os olhos na janela para o cosmos.

Os tons roxos nos cabelos continuam a elevar os estilos das ruas como símbolo de expressão criativa.

Em uma paleta de cores mais completa, o Ultra Violet complementa e encoraja outras cores ao adicionar complexidade e mistério.

Artigo anteriorCelulite: o que é?
Próximo artigoPós Adsorventes
Gustavo Boaventura
Criador e Diretor de Conteúdo. Farmacêutico Industrial pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Especialista em Pesquisa & Desenvolvimento de Produtos Cosméticos. Mestre em Comunicação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) com foco no consumo de cosméticos masculinos. Bacharel em Administração pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas). Experiência em Pesquisa & Desenvolvimento de produtos capilares. É o idealizador e criador do Cosmética em Foco e escreve desde 2007.