Vernix caseosa: Inovação cosmética

ANÚNCIO

A vernix caseosa é um material gorduroso branco encontrado sobre a pele do recém nascido logo após o nascimento. Ela é formada pelo acúmulo de secreção das glândulas sebáceas e inclui células epiteliais e lanugem. Esse material pode estar presente sob a forma de uma camada de espessura variável. A vernix atua como um creme evanescente que penetra nos poros ou é eliminado pelo contato com as roupas em 12 a 24 horas.

A investigação deste material na última década revelou as propriedades benéficas da vernix caseosa como um “creme” que não só corrige os níveis de hidratação na pele, mas também melhora a recuperação de barreira da pele, criando e mantendo um nível de atividade de água que permite que todas as enzimas funcionem corretamente. As várias propriedades benéficas para a pele fizeram com que fosse despertado o interesse para o uso deste material para fins cosméticos. Entretanto, sua disponibilidade é insuficiente para atender às necessidades do mundo de produtos que podem restaurar a função barreira da pele e hidratação. Por isso, análogos sintéticos vem sendo desenvolvidos e testados como substitutos da vernix caseosa.

Alguns estudos já foram realizados para avaliar pseudo formulações de vernix caseosa para avaliar sua capacidade de hidratação e proteção da pele. Foi descoberto que a higroscopicidade da pele e sua capacidade de retenção de água aumentou de forma acentuada após a aplicação destes cremes teste, mesmo após a lavagem com água.

Há disponíveis inúmeros estudos sobre esta substância e possíveis análogos sintéticos, os quais evidenciam as suas propriedades hidratantes.

Mas como imitar a vernix caseosa? Compreender a química física e biologia do vernix caseosa é um desafio significativo para os cientistas, principalmente devido às várias funções que deve satisfazer o análogo sintético de vernix caseosa como: “ser estruturalmente similar ao estrato córneo” e ser multifuncional: pois além de hidratar a pele, ela possui ação anti-infecciosa e antioxidante.

ANÚNCIO

Este assunto está sendo muito comentado e estudado e foi abordado no 24º Congresso Científico de Cosmetologia, que teve como objetivo principal discutir Ciência Cosmética, Alternativas para Inovação e Harmonização e soluções para a indústria, profissionais e pesquisadores do setor, além de buscar inovação e motivar o desenvolvimento da cosmetologia.

Ainda ouviremos muito sobre este assunto!

Referências:
http://www.paulomargotto.com.br/documentos/vernix%20caseoso.pdf
http://www.cosmeticsandtoiletries.com/magazine/
http://www3.interscience.wiley.com/journal/118571605/abstract?CRETRY=1&SRETRY=0
http://www.jornalbrasil.com.br/interna.php?autonum=9245
http://en.wikipedia.org/wiki/Vernix_caseosa

3 Comentários
  1. Gaspinha Diz

    Olá, Gustavo

    Que bom que voltou a postar!
    E quanto ao curso sobre Cosméticos Capilares em SP?

    Quanto a "vernix", excelente informação! Aguardo detalhes.
    http://gaspinha.blogspot.com

    Obrigada!

  2. Gustavo Boaventura Diz

    Gaspinha,

    estamos todos aguardando detalhes sobre a Vernix Caseosa e a Nathalia está atenta ao assunto.

    Quanto ao curso: ele está pronto aguardando uma outra oportunidade de acontecer. Assim que tiver novidades eu aviso aqui no site.

  3. Gaspinha Diz

    Olá, Gustavo

    Estou aguardando, ok?
    Obrigada

    http://gaspinha.blogspot.com

Comentários estão fechados.