Você pratica gestão?

ANÚNCIO

Gestão Cosmética

Você pratica gestão?

Qualquer dicionário aponta para o significado de gestão como o mesmo que gerência; administração. Os anos de dedicação à pesquisa me ensinaram que conceitos e definições são úteis para compreendermos o mundo e podermos falar sobre as coisas e fenômenos. Só não podemos nos ater às definições e esquecer de suas implicações práticas. Para além da teoria, a vida acontece na prática. Então, o que é gestão?

A economia nos diz que devemos gerir da melhor forma os recursos escassos. De forma bem grosseira podemos admitir que tudo é escasso, o tempo, a água, a terra, o dinheiro, etc. Pouquíssimas pessoas conseguem terminar um dia com toda a lista de afazeres realizada. A matéria-prima mais usada e a mais barata em cosmética, a água, vive um momento de grande crise (ouça nosso podcast sobre água) no Brasil e Estados Unidos – isso porque o Brasil tem o maior manancial de água doce subterrânea do mundo! Se sabemos mesmo o que é gestão, então talvez não saibamos ainda colocá-la em prática.

Para os pesquisadores em Administração, gestão é o modo como otimizamos os recursos disponíveis para atingir os objetivos propostos. Ou seja, só é possível fazer uma boa gestão se houver antes um objetivo. Objetivos são definidos com base em um planejamento. Por isso se diz que as etapas da administração, ou da gestão, são (1) planejamento, (2) organização, (3) direção e (4) controle. Falaremos melhor sobre isso em outra oportunidade.

ANÚNCIO

Especialmente profissionais farmacêuticos e químicos não têm formação em gestão, mas acabam inevitavelmente exercendo esse tipo de função mais cedo ou mais tarde. Como assumir a gestão de um departamento e, de repente, ter que “abandonar” toda sua experiência técnica adquirida na prática para cuidar de relatórios, planos de ação, orçamentos, contratações, demissões e conflitos interpessoais? Não se lida com pessoas como se lida com matérias-primas. Uma matéria-prima pode ser reprovada e devolvida ao fornecedor, mas pessoas não! “Simples! Demite e contrata outra melhor.” Colocando assim parece ser a tarefa mais fácil encontrar um bom candidato para uma vaga disponível. Os profissionais preparados e com experiência, geralmente requerem salários maiores. Além disso, se hoje o seu problema é um colaborador que responde e questiona suas ordens, será que a melhor alternativa é contratar alguém que fale pouco e acate tudo sem questionar?

O princípio primordial da administração é movimentar pessoas para um mesmo objetivo. Portanto não existe gestão sem pessoas. O gestor, ou administrador, não consegue fazer tudo sozinho, ele precisa da ajuda de sua equipe. Então ser gestor requer do profissional a maturidade necessária de abrir mão da técnica, deixar o ambiente prático e liderar sua equipe, orientando quem não tem experiência e estimulando os profissionais de nível sênior. Entenda que você, gerente ou diretor, não deve “por a mão na massa” – a gente sabe que isso chega a doer, mas é para o seu bem e da sua equipe. Delegue funções, distribua atividades, coordene o andamento e os resultados e estimule sua equipe a fazer infinitamente mais do que você faria sozinho. Também não fique no outro extremo, observando a equipe se esforçar sem ajudar em nada. Há situações em que o gestor é uma “mão na roda”. Arregaçar as mangas com a equipe, sujar o jaleco com eles também é um modo de estimulá-los e motivá-los.

Para administrar, deve-se saber um pouco de tudo. Você não tem que saber executar todas as tarefas pelas quais é responsável, mas conhecer os processos envolvidos e orientar sua equipe. Aqui não faz diferença se sua equipe é de uma, cinco ou vinte pessoas. Você não pode sobrecarregar ninguém e muito menos deixar outros com quase nenhuma atividade. O principal, no entanto, é não passar adiante uma atividade que é sua, como preparar a apresentação da reunião de resultados, por exemplo.

Nem sempre será um mar de rosas, nem sempre o ambiente será como num filme da sessão da tarde (em clima de aventura e muita descontração). Não tenha medo. Vá em frente. Acredite em sua equipe, mostre isso a eles. Sigam juntos para alcançarem os objetivos da empresa. Não seja mais um químico ou farmacêutico com cargo de gerente, seja o gestor da sua equipe de químicos e farmacêuticos. Prepare-se para isso. Faça cursos, treinamentos, conhecer toda a teoria de tecnologia de produção de cosméticos não fará de você um bom gestor. Conhecer técnicas de gestão de pessoas, organização do tempo e delegação de tarefas, sim. Um bom gestor alcança os objetivos e apresenta bons resultados. Um bom gestor também erra e pede desculpas. Porque um bom gestor pratica gestão. E você pratica?

Atualizado em 23/04/2015.

Comentários estão fechados.