Até quando usar o produto após o prazo de validade?

ANÚNCIO

Você já deve ter se deparado com algum produto que comprou há muito tempo… que talvez até já esquecera que ele estava na gaveta… e, de repente, percebe que o prazo de validade está vencido, certo?

Pois é, muitas vezes ficamos divididos entre reaproveitar ou jogar fora aquele produto que tanto gostamos e/ou custa tão caro! Uma amiga uma vez me contou que a amiga dela queria saber até quando podemos usar um cosmético depois do prazo de validade, pois tal amiga tinha um bebê e produtos infantis são muito caros pra desperdiçar… Minha amiga também me disse que se fosse um medicamento ela aconselharia a jogar fora, pois sabe que medicamento é mais complicado… mas cosméticos… não deve ter problema né? Certo ou errado?

Produtos cosméticos não devem ser usados após o prazo de validade.
Até quando usar um produto após o prazo de validade?
Foto: Stuart Miles / FreeDigitalPhotos.net

Errado, muito errado, errado ao quadrado! O Cosmética em Foco não quer tomar decisões por você ou dizer o que você deve fazer com o seu dinheiro. Mas nosso trabalho é aconselhar com base na ciência e seria irresponsável dizer que não tem problema usar um cosmético depois do prazo de validade. Cosméticos são tidos como seguros, afinal a segurança e a ausência de efeitos/reações adversas são requisitos imprescindíveis, e para alguns, fazem parte do que distingue um cosmético de um medicamento. No entanto, se nem mesmo o fabricante assume a responsabilidade após o prazo de validade, porque você vai se sujeitar a colocar a si mesmo(a) ou o seu bebê em risco?

Alguém pode dizer que um produto não vence do dia para a noite. Então, se o produto venceu ontem, ainda é seguro usar por mais algumas semanas… Afinal, quem nunca comeu um iogurte vencido e não teve problema algum, não é mesmo?

De fato, um produto não vence do dia para a noite. Os cosméticos começam a estragar a partir do dia em que foram fabricados, até porque, diferentemente dos alimentos, os produtos de beleza geralmente não ficam guardados na geladeira. O ato de abrir a embalagem, dependendo do tipo de embalagem, expõe o produto ao contato com o oxigênio e a umidade do ar; com os micro-organismos naturalmente encontrados nas mãos dos usuários, sem falar na degradação inevitável que ocorre naturalmente nos ingredientes dos produtos cosméticos. Sim, os ingredientes usados em cosméticos também tem seu próprio prazo de validade e com o tempo também se alteram, mesmo que a embalagem permaneça fechada.

ANÚNCIO

No caso menos grave, após o prazo de validade o produto cosmético simplesmente perde sua eficácia, possivelmente porque os ingredientes ativos já se degradaram ou se transformaram em outras substâncias. Mas modificações muito mais sérias podem ocorrer com esses produtos!

Mesmo que mantidos em embalagem fechada, alguns ingredientes com o passar do tempo deixam de funcionar. Se este ingrediente for, por exemplo, o conservante, fungos e bactérias podem se desenvolver no produto e o usuário de um cosmético vencido corre o risco de adquirir uma infecção ou alergia. Em alguns casos, essas alterações são perceptíveis, pois o produto muda de cor ou adquire um cheiro forte. Mas isso não é uma regra e pode haver crescimento de micro-organismos sem que haja alteração nas características do produto! Até porque, muitas vezes a fragrância é tão forte que mascara o cheiro ruim da degradação!

Isso tudo é ainda pior caso a embalagem já estivesse aberta, pois o contato prolongado com o ar favorece o crescimento de alguns micro-organismos, além de facilitar a troca de água entre o produto e o ar (ressecando ou umidificando o cosmético). Como se não bastasse, a aplicação do produto, especialmente daqueles embalados em potes e bisnagas, favorece a troca de micro-organismos entre o usuário e o produto, contribuindo ainda mais para a contaminação e a alteração do cosmético.

Ainda falando sobre a validade dos ingredientes, com o tempo podem ocorrer alterações químicas nos constituintes da formulação, como a oxidação ou a hidrólise, gerando substâncias ineficazes, ou pior, sensibilizantes e irritantes.

Portanto, quando um fabricante estabelece um prazo de validade para seus produtos, ele se compromete legalmente e assume a responsabilidade de ter testado e confirmado que dentro daquele período o produto não oferece risco para os usuários. Dessa forma, se você usar um produto dentro do prazo de validade e tiver algum problema, o fabricante precisa lhe ressarcir quaisquer danos. Contudo, uma vez vencido, se você usar o produto será por sua conta e risco e o fabricante tem maior suporte legal para não se responsabilizar por você!

Às vezes, é melhor jogar fora algumas dezenas de reais que gastar centenas tratando um problema causado pelo uso de algo vencido! Como conselho geral, leia o rótulo do produto, siga as instruções de armazenamento e aplicação preconizadas pelo fabricante e descarte aquilo que passou do prazo de validade! E se você ainda tiver dúvidas sobre a validade do produto, escreva para o serviço de atendimento ao consumidor disponibilizado pelo fabricante!

ANÚNCIO

ANÚNCIO

6 Comentários
  1. ARILENE RODRIGUES Diz

    QUANDO UM PRODUTO DIZ NA VALIDADE POR EXEMPLO: 07/2016, ELE VENCE A PARTIR DO PRIMEIRO DIA DO MÊS INDICADO OU AO FINAL DO MESMO?

    1. Cosmética em Foco Diz

      Olá Arilene, obrigado por seu comentário. Pela lógica, se indica mês e ano, o produto é válido até o último dia daquele mês. Mas o correto é a empresa indicar no prazo de validade, o dia, mês e ano. Dessa forma não há margem para dúvidas, não é mesmo?

  2. Lala Guimaraes Diz

    Infelizmente não foi incluído o fato de obrigatoriedade de validade no brasil, a anvisa obriga após a patriação do produto a ter validade, isso torna os produtos internacionais muitas vezes sem validades e indicados como validade após a abertura, as informações contidas no post não foram abrangente em relação a isto. Se não fosse duramente questionado até vinhos teriam validade na Anvisa, muitos deles tem se o processo não inclui olhas de cortiça e garrafa de vidro.

    1. Ivan Souza Diz

      Muito obrigado por sua observação Lala! Você está correta. A Anvisa exige que se estabeleça um prazo de validade após a Data de Fabricação para todos os produtos cosméticos e de higiene pessoal (normalmente, de 6 meses a 2 anos). Nos EUA, a indicação de prazo de validade não é obrigatória. Já a Comissão Europeia exige que se utilize o sistema de prazo de validade após a abertura (sistema PAO), em que um símbolo de um pote com a tampa aberta aparece no rótulo do produto contendo uma inscrição que representa por até quantos meses o produto pode ser utilizado após a abertura (6M, 12M, 18M, 24M, 36M etc.). Saiba mais sobre o sistema PAO aqui: https://en.wikipedia.org/wiki/Period-after-opening_symbol.

      Independentemente do sistema utilizado, a ideia é que o fabricante garanta que o produto esteja em perfeitas condições de uso e segurança por todo o período indicado na embalagem. Não havíamos julgado importante incluir isto no texto, pois nosso objetivo era recomendar que se evite o uso de produtos com prazo de validade vencido. Como você bem pontuou, quando o produto é importado, a ANVISA exige que se adicione uma etiqueta em português com informações sobre o produto e também com um prazo de validade. Se você encontrar um produto importado numa loja brasileira sem qualquer sistema de determinação de prazo de validade (data ou PAO), o mais adequado seria não comprá-lo, anotar o lote e contatar o SAC do fabricante/importador. Se você comprar um produto no exterior, verifique se ele usa o sistema PAO. Se o produto comprado no exterior não contém nenhuma menção de validade, procure consumi-lo o mais rápido possível! Preferencialmente, contate o SAC do fabricante!

  3. Giane Nikolaus Lara Diz

    Tenho um remédio que o preço é caro, e na caixa esta vencimento abril/2017 e estamos em abril/2017 , posso estar tomando este medicamento ainda este mês ?

    1. Cosmética em Foco Diz

      Olá Giane, nesse caso a melhor opção é você entrar em contato com a empresa fabricante do seu medicamento e pedir deles um posicionamento sobre até quando você pode tomar o medicamento.

Comentários estão fechados.