Descrição da fórmula

Nesta fórmula de Água Micelar Demaquilante tem sua ação baseada principalmente no tensoativo suave derivado do aminoácido ácido glutâmico Disodium Cocoyl Glutamate e o emoliente derivado do óleo de oliva Olive Oil PEG-7 Esters. Complementando com a ação umectante do sal sódico do ácido pirrolidônico Sodium PCA. O sistema conservante utilizado nessa fórmula de água micelar é bem tradicional com parabenos, para quem tem implicância com esse tipo de conservante, basta substituir por outro sistema conservante de preferência e que seja eficaz em grande quantidade de água.

Fórmula percentual

IngredienteFunçãoConcentração
1AquaVeículo94,4000%
2CI 19140 (and) CI 16185 (and) CI 16255Sequestrante0,0500%
3GlycerinUmectante0,5000%
3Olive Oil PEG-7 EstersEmoliente0,5000%
3Sodium PCAUmectante0,7500%
3Disodium Cocoyl GlutamateTensoativo2,5000%
4Phenoxyethanol (and) Methylparaben (and) Ethylparaben (and) Propylparaben (and) Butylparaben (and) IsobutylparabenConservante0,7000%
4ParfumPerfume0,2500%
4Polysorbate 20Solubilizante0,2500%
5Citric Acid 50%Ajuste de pH0,1000%
TOTAL100,0000%

Vem formular com a gente!

Artigo anteriorDevaCurl Set It Free
Próximo artigoZinc PCA
O cformula é uma iniciativa inédita do Cosmética em Foco que publica vídeos gratuitos sobre fórmulas e matérias-primas cosméticas para educação, ensino e capacitação de profissionais da indústria cosmética. Aviso legal: As formulações aqui apresentadas gratuitamente e de boa fé são sugestões de aplicação de ingredientes cosméticos para ensino e demonstração de uso das respectivas matérias-primas. Não nos responsabilizamos por mau uso de ingredientes. Recomendamos que somente sejam aplicadas em seres humanos ou comercializadas, fórmulas que já tenham passado por estudo de estabilidade e avaliação de segurança. Também recomendamos verificar a conformidade com legislação vigente e patentes depositadas nos países em que o seu produto venha a ser comercializado. Os conservantes utilizados nas fórmulas são sugestões de uso de tais matérias-primas seguindo recomendações dos fabricantes. Sua eficácia deve ser verificada a partir de um teste de desafio do sistema conservante (challenge test).