ANÚNCIO

Nesse vídeo conversamos sobre a necessidade da indústria cosmética fornecer mais informação aos consumidores para educá-los. Será que se a informação fosse transparente não haveria menos falácia e confusão sobre os ingredientes cosméticos? Como foi no caso do shampoo sem sal, em que a grande maioria das empresas buscaram apenas seguir a onda, atender a curiosidade dos consumidores na época. As poucas empresas que tentaram explicar a função (e concentração) de cloreto de sódio usada nos shampoos foram abafadas pelas centenas de outras empresas que endossaram que “shampoo sem sal não resseca os cabelos”. Até onde a própria indústria cosmética contribui para esse cenário de difusão de informações superficiais e (muitas vezes) falsas?

Participe da conversa, dê sua opinião!

Acompanhe nossa conversa e participe dessa discussão.

Inscreva-se em nosso canal e acompanhe as discussões em primeira mão, em português e na hora que você achar melhor!

Redação CFoco

Redação CFoco

Todos os textos

ANÚNCIO

ANÚNCIO

ANÚNCIO

ANÚNCIO

ANÚNCIO