Creme hidratante para as mãos erva-doce Avon Naturals

ANÚNCIO

Creme hidratante para as mãos erva-doce Avon Naturals

Ingredientes

Aqua, Glyceryl Stearate, Cetyl Alcohol, Dimethicone, Paraffinum Liquidum, Parfum, Imidazolidinyl Urea, Sodium Lauryl Sulfate, Disodium EDTA, Methylparaben, Triclosan, Alpha-isomethyl Ionone, Butylphenyl Methylpropional, Citral, Coumarin, Hexyl Cinnamal, Hydroxycitronellal, Hydroxyisohexyl 3-Cyclohexene Carboxaldehyde, D-Limonene, Linalool.

Avaliação

como utilizo bastante, sempre tenho dois ou três cremes para as mãos ao meu alcance. O da vez é este da Avon, que cumpre bem a função prometida, deixando as mãos “macias e levemente perfumadas com refrescante fragrância de erva doce”, “sem deixar sensação oleosa”.

A fórmula é bastante simples, o que é seu ponto mais forte. Sem ingredientes ultra tecnológicos ou um matérias-primas exclusivas da empresa, o creme tem secagem rápida e não atrapalha nas ações do dia a dia – um ponto negativo em muitos outros cremes para as mãos, inclusive um famoso da Avon. Pode passar antes de sair de casa que o creme não ficar nas chaves ou na maçaneta da porta. A razão para isso é o equilíbrio adequado do conteúdo graxo da fórmula, composto pelos nossos velhos conhecidos estearato de glicerila (Glyceryl Stearate), álcool cetílico (Cetyl Alcohol) e óleo mineral (Paraffinum Liquidum).

É importante ressaltar que por Glyceryl Stearate entende-se uma ampla gama de ésteres derivados da reação do ácido esteárico com o glicerol (a glicerina). Pode ser o monoestearato, o diestearato, o triestearato (mesmo sendo muito pouco usado), ou uma mistura deles. No entanto, o que conta para nós é a função emulsificante que essa matéria-prima possui. Os estearatos sozinhos dificilmente serão suficientes para estabilizar uma emulsão, mas agem como emulsificantes secundários em muitas formulações que necessitam uma ajuda extra para serem estabilizadas.

Eis que entramos no ponto mais interessante dessa formulação: o uso do lauril sulfato de sódio (Sodium Lauryl Sulfate), como emulsificante em creme. Não me lembro de ver o uso desse ingrediente em cremes para a pele em outras fórmulas, por isso costumo dizer que essa é uma característica bem própria dos produtos da Avon. Porque os tensoativos aniônicos são comumente usados em shampoos e sabonetes líquidos. O dimeticone (Dimethicone) está presente para ajudar na espalhabilidade do produto e é ele o responsável pelo toque aveludado na pele após a secagem. O toque macio.
Para a conservação do produto, utilizou-se a mistura de Imidazolidinil Urea e metilparabeno (Methylparaben). O primeiro liberador de formaldeído (veja aqui o que são liberadores de formaldeído antes de sair gritando) e o segundo, um parabeno (leia esse artigo aqui também antes de sair gritando.

Por último, mas não menos importante, temos a presença do triclosan. No rótulo do produto está escrito “com propriedade desodorante”, o que em quase 99% dos casos significa: contém triclosan (fizemos uma revisão sobre ele neste artigo). O produto que eu tenho foi adquirido em 2013, então, como a embalagem no catálogo atual é diferente, pode ser que a formulação atualmente também seja outra. Então, assim que eu esbarrar com um desses novamente, atualizo o texto. Ou se alguém tiver o produto e puder enviar uma imagem do rótulo (frente) e do contra-rótulo (verso), ajudará bastante! Ou ainda, se alguém da Avon puder entrar em contato conosco, também será útil.

Curiosidade: O cuidado com o ressecamento das mãos está entre uma das principais preocupações cosméticas do homem contemporâneo. Vale questionar se isso significa uma boa sugestão de presente para eles.

2 Comentários
  1. Rafael Oxn. Diz

    Eu gosto de usar óleo seco para hidratar as mãos pena que não é fácil de achar e nenhuma manipulação que eu já fui conseguiram manipular. É realmente difícil assim fazer uma formula magistral de óleo seco?

  2. Gustavo Boaventura Diz

    Olá Rafael,
    obrigado pelo comentário. Difícil não é, mas boa parte das farmácias de manipulação não tem acesso aos ingredientes da indústria. Mas para dar aquela ajuda, assim que cair um desses óleos nas nossas mãos, fazemos uma resenha aqui na coluna Leia o Rótulo.

Comentários estão fechados.