Cocamide Dea

ANÚNCIO

INCI Name: COCAMIDE DEA
Nome português: dietanolamina cocamida, amida 90, dietanolamina de ácidos graxos de coco
CAS Number: 68603-42-9
Funções: emulsionante, estabilizador de emulsão, impulsionador de espuma, surfactante/tensoativo, regulador de viscosidade
Aspecto: Líquido viscoso âmbar
pH: 9,0 a 10,5
Nomes comerciais:

Estrutura Química

estrutura quimica da dietanolamina cocamida (cocamide dea)

 

Detalhes

ANÚNCIO

A Dietanolamina Cocamida (Cocamide Dea) é um tensoativo não-iônico produzido a partir da reação com os ácidos graxos do óleo de coco com a dietanolamina (DEA). Ela aumenta a capacidade de formação de espuma em xampus e sabonetes líquidos, bem como ajudam a estabilizar a espuma. Além disso também são usados para espessar a fase aquosa de cosméticos e produtos de higiene pessoal.
A Cocamide Dea e considerada um ingrediente seguro para uso em cosméticos. Isso caso seja controlada a presença de Dietanolamina livre na matéria-prima. Por ser uma amina secundária, a Dietanolamina é uma fonte potencial para a formação de nitrosaminas. Por essa razão, a Dietanolamina Cocamida vem sendo utilizada cada vez menos nos últimos anos. Para saber mais sobre esse assunto, leia a opinião 0462/01 do SCCS (em inglês).
Propriedades: Sua principal propriedade é na estabilização de espuma e estrutura de micelas de shampoos e sabonetes líquidos. Devido a sua característica tensoativa, é usada para solubilizar fragrâncias e óleos usados em shampoos e sabonetes líquidos. Também tem função re engordurante, ajudando a prevenir a sensação de ressecamento causada pela remoção da gordura natural da pele e do cabelo por outros tensoativos.
Usos e aplicações: A Cocamide Dea é utilizada em xampus, sabonetes líquidos, espumas e géis de banho, sabonetes em barra e tinturas de cabelo. O uso mais comum varia de 1 até 10%, mas não há uma restrição máxima para esse ingrediente.
Restrições: Não usar em associação com agentes nitrosantes. Controlar a matéria-prima com no máximo 5% de amina secundária e no máximo 50 mcg/Kg de nitrosamina. Deve ser armazenado em contêineres livres de nitritos.
Origem: Vegetal.

ANÚNCIO
Artigo anteriorCitric acid
Próximo artigoCocamidopropyl Betaine
Criador e Diretor de Conteúdo. Farmacêutico Industrial pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Especialista em Pesquisa & Desenvolvimento de Produtos Cosméticos. Mestre em Comunicação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) com foco no consumo de cosméticos masculinos. Bacharel em Administração pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas). Experiência em Pesquisa & Desenvolvimento de produtos capilares. É o idealizador e criador do Cosmética em Foco e escreve desde 2007.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui